Imprimir Resumo


XI ENPEC :: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências
Resumo: 2105-1

Poster (Painel)


2105-1

Biologia Sistêmica e Ensino de Ciências: Um novo paradigma ou neo-positivismo?

Autores:
BARBOSA, T.A.P.1, FELISBERTO, A.D.S.2, HESPANHOL , J. M. M3
1 UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas, 2 UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas, 3 UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas

Resumo:
A Biologia Sistêmica é um campo interdisciplinar da ciência que se concentra em interações complexas dentro de sistemas biológicos usando uma abordagem holística em vez da reducionista. É um campo em maturação que tem sido usado em diferentes contextos desde seu surgimento nos anos 2000. Seu principal objetivo é descobrir propriedades emergentes das células, tecidos e organismos funcionando como sistemas utilizando técnicas computacionais e experimentais, incrementando o conhecimento sobre os mecanismos necessários ao funcionamento e evolução dos seres vivos. Apesar de parecer uma mudança de paradigma, deve-se atentar aos possíveis riscos de estarmos diante de um neopositivismo, pois diversos aspectos convergem para tal caracterização. Para introduzir a competência de pensamento de sistemas no ensino de ciências deriva-se um conceito de sistemas iniciais da Teoria Geral dos Sistemas. Nessa abordagem, a sequência de ensino começa pela fase de orientação, motivando os alunos ao justificar a importância de aprenderem um determinado tópico

Palavras-chave:
 Biologia sistêmica, Sistemas biológicos, Estratégias de ensino e aprendizagem