Imprimir Resumo


XI ENPEC :: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências
Resumo: 1951-1

Poster (Painel)


1951-1

Educação em Saúde como um processo sociocultural e histórico: diálogos com a teoria de Vigotsky

Autores:
Telma Temoteo dos Santos1, MEIRELLES, R.M.S2,1
1 FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz, 2 UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Resumo:
As discussões sobre as ações de educação em saúde têm convergido para o reconhecimento de que os aspectos sociais, históricos e culturais são determinantes nos processos de saúde e doença, dos indivíduos e de suas comunidades. A escola é um meio para formação de agentes multiplicadores que podem intervir no meio que vivem, se as práticas de ensino oportunizarem o protagonismo. O objetivo desse artigo consistiu de uma discussão teórica sobre a Teoria Sociocultural e Histórica de Vygotsky e as práticas da educação em saúde. O desenho metodológico realizou uma revisão bibliográfica sobre o pensamento de Vygotsky, a Teoria Sociocultural e Histórica e os princípios norteadores da educação em saúde. Os resultados apontam que a aproximação desses referenciais teóricos é salutar, porém, tanto o processo de ensino como os indivíduos devem ser reconhecidos como elementos socioculturais, influenciados pela história.

Palavras-chave:
 educação em saúde, teoria histórico-cultural, teoria sociocultural, Vygotsky


Agência de fomento:
CAPES