Imprimir Resumo


XI ENPEC :: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências
Resumo: 1778-1

Poster (Painel)


1778-1

Estudos culturais para o ensino de ciências em uma perspectiva crítica e pós-colonial: o caso da etnociência

Autores:
MONTEIRO, E.P.1, Zuliani, S.R.Q.A.1, ALMEIDA, A.W.B.2
1 UNESP- CAMPUS BAURU - Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita , 2 UEA - Nova cartografia social, Universidade Estadual do Amazonas

Resumo:
Este artigo abarca reflexões sobre a educação científica intercultural em uma perspectiva pós-colonial, buscando dialogar com Frantz Fanon (1963), Edward Said (1978) e Homi Bhabha (1998) sobre o conceito de desigualdade, diversidade e representação culturais através do reexame da história colonial. As análises reflexivas nos movem a pensar em um novo modelo de ensino de ciências pensado para a diversidade cultural. A educação escolar indígena vem buscando esse diálogo integracionista dos saberes como eixo central para a filosofia de ensino intercultural. Portanto, neste artigo busca-se compreender por que o currículo de ciências tem mantido uma filosofia de ensino ocidentalizado e excludente, mesmo a escola estando inserida em um espaço social plural. Alguns debates teóricos feitos por pesquisadores do ensino de ciências como: Cobern (1989) Aikenhead (1997, 2001, 2008), entre outros, vem acontecendo com o propósito de compreender melhor as novas formas de pensar o ensino de ciências para a diversidade

Palavras-chave:
 estudos culturais, Educação Itercultural, Educação Indígena


Agência de fomento:
FAPEAM