Imprimir Resumo


XI ENPEC :: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências
Resumo: 1641-1

Poster (Painel)


1641-1

Concepções discursivas na teoria epistemológica de Thomas Kuhn

Autores:
NETO1, SILVA1
1 UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo:
Apresentamos noções de Kuhn como as de incomensurabilidade, tradução, interpretação, referência e comunidade linguística e também apresentamos noções de Foucault como as de formação discursiva, enunciado e saber. Traçamos interlocuções entre esses dois autores, buscando evidenciar diálogos entre aspectos da teoria epistemológica de Kuhn e da teoria arqueológica de Foucault, similaridades e diferenciações. Identificamos que Kuhn se aproxima de uma análise dos termos que as teorias científicas utilizam, colocando em debate a existência desses termos no contexto das comunidades científicas. Discutimos características da formação discursiva descrita por Foucault como sendo próximas de características que são atribuídas ao que Kuhn chamou de “termos de uma teoria”. Observamos que noções de tradução e interpretação de Kuhn têm um funcionamento similar à de enunciado de sujeitos em lugares discursivos diferentes, na perspectiva de Foucault, e que as “perdas” de termos de uma teoria, para Kuhn, são comparáveis às “dispersões de enunciados” para Foucault.

Palavras-chave:
 incomensurabilidade, linguagem, discurso, arqueologia, epistemologia


Agência de fomento:
CAPES