Imprimir Resumo


XI ENPEC :: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências
Resumo: 1329-1

Poster (Painel)


1329-1

Institutos Federais como Lócus de Formação Inicial de Professores de Ciências: Um Campo de Disputas Simbólicas

Autores:
Costa1,3, Caregnato1, Del Pino1
1 UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2 UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 3 IFAM - Instituto Federal de Educação do Amazonas

Resumo:
As polêmicas discussões em torno dos cursos de licenciaturas ofertados pelos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) despertaram o interesse em desenvolver um ensaio sociológico que pudesse contribuir para o entendimento dos mecanismos de disputas e relações de poder simbólico que se processam no momento de expansão do campo de formação inicial de professores de ciências. Essa pesquisa, apresentando um estudo teórico baseado em revisão bibliográfica e análise documental, tem por escopo compreender a estrutura estruturante do disciplinamento dos novos espaços, nos IFs, destinados especificamente para a formação de professores que irão atuar no ensino das disciplinas científicas. Ancorado nos pressupostos teóricos bourdieusiano serão abordados, nesse ensaio sociológico, os conceitos de poder simbólico, campo e habitus, na expectativa de apresentar ao leitor(a) a mobilidade desse campo científico e social, bem como suas contribuições na tomada de consciência de novas possibilidades para o campo de Educação em Ciências.

Palavras-chave:
 Campo de Educação em Ciências, Formação de Professores de Ciências, Habitus, Lutas simbólicas, Poder simbólico


Agência de fomento:
FAPEAM