Imprimir Resumo


XI ENPEC :: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências
Resumo: 969-1

Poster (Painel)


969-1

A prática do mergulho autônomo e as visões sobre o ambiente marinho: contribuições para educação para conservação

Autores:
BIZERRA, A. F.1, ZUMPANO, O. G.1
1 USP - Universidade de São Paulo

Resumo:
Atividades de lazer em que haja contato com a natureza podem desempenhar um papel educativo em pról da conservação tanto terrestre como marinha. O presente trabalho investigou se a prática do mergulho autônomo recreacional poderia envolver aspectos cognitivos, afetivos e conativos voltados à conservação e portanto, possuir potencial educativo para tal. A abordagem metodológica consistiu na triangulação de dados por meio de observações de campo na Baía da Ilha Grande (RJ), entrevistas a 35 pessoas que haviam mergulhado na região com diferentes níveis de experiência na área e leitura dos manuais do curso de mergulho básico das principais credenciadoras mundiais. Observou-se nas respostas dos entrevistados mais experientes em mergulho uma tendência maior em demonstrar preocupação ambiental se comparado aos mais iniciantes. Além disso, ganhos cognitivos, afetivos e conativos relacionados à conservação marinha foram reportados com a prática da atividade. Deste modo, a atividade pode possuir um papel educativo para conservação.

Palavras-chave:
 conservação, educação ambiental, lazer, mergulho recreativo, turismo