Imprimir Resumo


XI ENPEC :: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências
Resumo: 401-1

Poster (Painel)


401-1

A Fenomenologia como Procedimento Metodológico em Pesquisa Qualitativa na Formação de professores

Autores:
Buffon, AD1, Martins, M. R.1, Neves, MCD1
1 UEM - Universidade Estadual de Maringá

Resumo:
As abordagens qualitativas, baseadas em uma perspectiva fenomenológica, fazem uso de um conjunto de asserções com o objetivo de descobrir “fatos” e “causas”. Os estudos desta ciência começaram a desenvolver-se na Alemanha em fins do século XIX e na primeira metade do século XX por Edmund Husserl. Os procedimentos de análise qualitativa com uma abordagem fenomenológica foram desenvolvidos a partir da década de 80, no Brasil, pelo professor Joel Marins, sendo que esse método é construído em três etapas: redução, descrição e interpretação. Correntes teóricas como a fenomenologia existencial é uma das grandes orientações teóricas que tratam daquilo que se pode chamar do estudo de “vida dos professores”. Portanto pensar em uma metodologia de pesquisa baseada nos princípios fenomenológicos para a formação docente pode ser enriquecedor para a pesquisa, quando se trata em entender a história de vida de um professor.

Palavras-chave:
 Fenomenologia, metodologia, relato de vida