Imprimir Resumo


XI ENPEC :: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências
Resumo: 314-1

Poster (Painel)


314-1

A Epistemologia de Fleck como referência para a pesquisa em Educação em Ciências no Brasil

Autores:
LORENZETTI, L.1, MUENCHEN, C.2, SLONGO, I. I. P. 3
1 UFPR - Universidade Federal do Paraná, 2 UFSM - Universidade Federal de Santa Maria, 3 UFFS - Universidade Federal da Fronteira Sul

Resumo:
O estudo investigou a recepção da epistemologia de Ludwik Fleck pela pesquisa em Educação em Ciências no Brasil. Foram analisadas oitenta e nove dissertações e teses produzidas no período de 1995 a 2015, sendo que trinta e sete trabalhos discutem a Educação em Ciências. Os dados revelam a epistemologia de Fleck como referencial teórico preferencial de pesquisas em campos do conhecimento cada vez mais diversos. Uma análise mais específica foi realizada em trinta e quatro trabalhos que discutem a Educação em Ciências. Estes trabalhos foram analisados a partir de seis eixos, sendo que o maior volume concentra-se nos eixos “formação de professores” e “emergência de um fato científico”. Destaca-se a significativa contribuição das categorias epistemológicas “estilo de pensamento”, “coletivo de pensamento” e “circulação intra e intercoletiva de ideias” no processo de produção do conhecimento na área em foco.

Palavras-chave:
 Ludwik Fleck, Estado do Conhecimento, Educação em Ciências, Dissertações e Teses