Imprimir Resumo


XI ENPEC :: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências
Resumo: 311-1

Poster (Painel)


311-1

Explorando a potencialidade do conceito de disposição na formação de professores de ciências

Autores:
Luciana Massi1, Rafaela Valero da Silva2, Gabriela Agostini3
1 UNESP - Universidade Estadual Paulista, 2 UNESP - Universidade Estadual Paulista, 3 UNESP - Universidade Estadual Paulista

Resumo:
A formação de professores, incluindo de ciências, vem sendo objeto de diversas pesquisas com enfoques e referenciais distintos. A perspectiva de Pierre Bourdieu surge em um contexto de valorização da prática e da pessoa do professor, através do conceito de habitus. Neste trabalho, partimos da hipótese de que as disposições, constitutivas dos habitus, porém mais plurais e heterogêneas, são mais fecundas para analisar a trajetória e formação dos professores. Nesse sentido, analisamos as disposições de dois professores de química iniciantes, Rui e Clara, entrevistados em 2009, enquanto cursavam licenciatura, e em 2016 atuando como professores de química. Identificamos disposições distintas associadas ao seu pertencimento de classe e a socialização profissional, apontando para especificidades da atuação em ciências. Esses resultados preliminares permitiram avançar na compreensão do papel da formação ambiental e da condição de classe na escolha e desenvolvimento da docência em ciências.

Palavras-chave:
 professores iniciantes, disposições, habitus


Agência de fomento:
FAPESP, CNPq e UNESP